Home / Sustentabilidade Na Indústria: Descubra As…

Sustentabilidade Na Indústria: Descubra As Melhores Práticas

No ano de 2021, os lucros obtidos pela indústria correspondiam a 18,9% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Muita coisa, não é? E, em um mundo que se preocupa cada vez mais com o meio ambiente, a sustentabilidade na indústria é uma pauta importantíssima. 

No entanto, existem tantas ações que podem ser tomadas nesse universo, especialmente se considerarmos o avanço de conceitos como o ESG, sigla que está ligada às práticas adotadas pelas organizações para tornar o ecossistema cada vez mais saudável, que fica difícil saber por onde dar os primeiros passos.

Neste artigo você irá descobrir:

  • o que a sustentabilidade na indústria;
  • e quais as melhores práticas para começar a buscar uma operação que agrida menos a natureza. 

Continue a leitura!

O que é sustentabilidade na indústria?

O conceito de sustentabilidade na indústria pode ser entendido como uma série de ações práticas que ajudam as organizações a cuidarem do meio ambiente. Isso gera mais valor para os clientes e colaboradores, bem como para a empresa que tende a economizar recursos. 

Além disso, a implementação de práticas de preocupação com o planeta geram: 

  • maior valor agregado para a marca; 
  • destaque para mercados de outros países; 
  • aumento da confiança do consumidor.

Confira 5 práticas de sustentabilidade na indústria

Sabendo de que se trata o conceito de sustentabilidade na indústria, que tal descobrir algumas das melhores práticas para começar a aplicar no seu empreendimento? 

Veja, a seguir, cinco ações nesse sentido: 

1. Invista em treinamentos sobre o assunto

Não basta que somente os gestores e coordenadores tenham em mente e conheçam as ações de sustentabilidade na indústria que estão sendo propostas. Assim, é preciso capacitar os colaboradores sobre a importância desse tema. 

Vale investir em treinamentos para esclarecer e reforçar os impactos positivos que pequenas e grandes ações causam na natureza, seja a partir da reciclagem de materiais dentro da organização, uso consciente dos recursos como água e energia, descarte correto dos resíduos e uso de transportes alternativos. 

2. Reaproveite água quando possível

Essa pode até parecer uma prática básica, mas ela está entre as que mais geram impactos para as organizações. Por exemplo, na produção de alimentos ou de celulose e papel, a quantidade de água utilizada é alarmante. Assim, pensar em estratégias para reaproveitamento e consumo consciente da água, é fundamental. 

Depois de tratado para que não cause impactos prejudiciais para o solo ou para as pessoas, é possível utilizar o líquido para lavar o pátio, regar as plantas, como água para vasos sanitários ou mesmo em torres de resfriamento. 

3. Consuma menos energia

Outra boa prática para garantir a preservação do meio ambiente está relacionada a diminuição do consumo de energia elétrica. 

Assim, o ideal é buscar por equipamentos de iluminação LED, ar-condicionado, impressoras e computadores com a classificação A do selo PROCEL, por exemplo. Com essa atitude relativamente simples é possível colaborar para o não esgotamento das fontes de energia naturais.

Mais do que isso, você garante mais economia para os cofres da sua empresa já que os custos na conta de luz devem diminuir significativamente.

4. Foque na reciclagem e reutilização

Outra boa prática para garantir sustentabilidade na indústria é escolher materiais que possam ser reciclados e reutilizados. Isso se aplica aos copinhos para água e cafezinho que podem ser de um material retornável. O mesmo para garrafas plásticas que podem ser transformadas em fibras e assim por diante. 

Vale, também, investir na diminuição da utilização de papel e optar pela utilização de programas que disponibilizam documentos e dados em nuvem. Além disso, é interessante estabelecer uma política ou sistema que ajude a recuperar materiais que seriam descartados e podem ser reaproveitados, como forma de reduzir a quantidade de lixo produzida pela por uma organização.

5. Aposte em formas de armazenagem flexível e sustentáveis

Você sabia que existem formas de armazenagem mais sustentáveis do que outras? É isso mesmo! 

Por exemplo, enquanto os projetos de alvenaria costumam ser mais onerosos para o meio ambiente pois geram muitos detritos ao longo de sua construção bem como demandam terraplanagem do solo, as estruturas de armazenagem flexível não geram nem uma nem outra dessas desvantagens. 

Além disso, os galpões flexíveis possuem uma cadeia produtiva limpa e sustentável, afinal, seus componentes reduzem a necessidade de consumo de recursos conforme são reciclados ou reutilizados. Além disso, esses módulos podem ser aplicados nos mais diversos segmentos, montados e desmontados, conforme as necessidades dinâmicas de sua aplicação.

Para se ter uma ideia, os resíduos resultantes no momento do término da instalação desse armazém é próximo de zero. Muito interessante, não é? 

Aproveite agora para conhecer, cinco segmentos que utilizam estruturas flexíveis e veja como essa solução pode se adaptar ao seu empreendimento! 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Veja nossas últimas postagens

Galpão de Materiais de Construção Civil: Entenda a Importância e…

O galpão de materiais de construção é essencial para a segurança e a eficiência de uma obra. Leia o artigo para entender como utilizá-lo de forma eficaz e conhecer as vantagens da Tópico.

Logística CD: Para Que Serve O Centro De Distribuição De…

Confira detalhes do que é a logística CD, para que serve, benefícios e mais.

O Futuro da Logística Empresarial: Conheça as Vantagens do Barracão…

Confira os motivos pelos quais você pode optar por um barracão industrial. Esse modelo tem tudo para ser o futuro da logística empresarial!

Receba nossa newsletter