Home / DESAFIOS NA ARMAZENAGEM DA INDÚSTRIA…

DESAFIOS NA ARMAZENAGEM DA INDÚSTRIA DE AUTOPEÇAS E VEÍCULOS

Atualmente, todos os segmentos da economia utilizam veículos para o desenvolvimento de suas atividades: agronegócio, indústria de transformação, comércio e serviço. Ou seja, a indústria automobilística é reflexo do resultado da atividade de toda economia, que precisa ser movimentada e gerar bons resultados.

A indústria de veículos e peças é dividida entre a fabricação de veículos comerciais, de passeios, motocicletas, máquinas agrícolas e autopeças. São aproximadamente 3 milhões de veículos produzidos no Brasil, sendo 76% deles fabricados para utilização no mercado interno e 24% para exportação. Com as vendas em baixa no País, as montadoras se voltaram para o mercado externo a fim de sustentar a produção local. Em 2016, as exportações cresceram 20% em relação a 2015. Atualmente o setor de veículos e peças movimentam aproximadamente 4,1% do PIB brasileiro, cerca de R$67 bilhões.

As indústrias de autopeças possuem uma serie de criticidades em seus processos, já que fornecem diretamente para montadoras e, portanto, são responsáveis diretas para a produção de veículos. Dessa maneira, elas necessitam de espaços qualificados para abrigar seus insumos, ativos, produtos acabados e ter uma operação eficiente que não comprometa a funcionalidade da linha de montagem, o que acarretaria em diversos problemas como recall, multas de atraso no fornecimento, entre outros.

Com um mercado cada vez mais competitivo e em meio à crise, é preciso encontrar soluções para redução de custos, oferecendo agilidade na operação e adequando-se a curtos prazos de atendimento.

Muitas empresas deste setor, pela falta de conhecimento, quando o assunto é ter mais área coberta para sua armazenagem e demais operações, acabam optando por locar espaços em centros logísticos onde o custo é na maioria das vezes muito elevado, o que aumenta os gastos de transporte e logística entre a fábrica e o armazém e também rateio de serviços de portaria, segurança, e etc, sem contar com a perda de eficiência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Veja nossas últimas postagens

ESG: o que é e qual seu impacto na logística…

Confira mais detalhes sobre o que é ESG, sigla para Ambiental, Social e Governança (em português), e entenda sua importância nos setores da logística e armazenagem.

Entenda a diferença entre galpão e barracão pré-moldados

Leia o artigo para descobrir qual é a diferença entre galpão e barracão pré-moldados e conhecer as vantagens dessas estruturas flexíveis para armazenagem.

Galpão de materiais de construção civil: Entenda a importância e…

O galpão de materiais de construção é essencial para a segurança e a eficiência de uma obra. Leia o artigo para entender como utilizá-lo de forma eficaz e conhecer as vantagens da Tópico.

Receba nossa newsletter