Home / Indústria de alimentos: construir armazém…

Indústria de alimentos: construir armazém ou alugar galpão pré-moldado?

Como devo armazenar a minha produção neste atual cenário da indústria de alimentos: construir armazéns de alvenaria ou optar pelas soluções de galpão pré-moldado?

É uma pergunta que precisa de respostas certeiras, motivadas pelas incertezas da economia, além da necessidade de gerenciar o cotidiano e planejar o futuro no meio do furacão gerado pela pandemia de coronavírus (Covid-19).

Dar o passo certo representa economia nos custos, agilidade para atender as demandas e, principalmente, a possibilidade de readequar o planejamento da armazenagem da sua produção alimentícia. 

Veja alguns números divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos – ABIA sobre o desempenho da indústria alimentícia em 2019:

  • A indústria de alimentos respondeu por 9,7% do PIB.
  • A indústria alimentícia teve crescimento de 2,3%, com faturamento de R$ 699,9 bilhões.
  • A taxa de crescimento da indústria de alimentos em 2019 foi a melhor desde 2013
  • As exportações de alimentos somaram US$ 34,1 bilhões
  • Para 2020, a previsão é de um crescimento real de 2,5% a 3,5% nas vendas do setor. 

O setor da indústria alimentícia está, portanto, em expansão e entidades como a ABIA garantem que a distribuição e o abastecimento de alimentos estão garantidos, mesmo com cenários mais pessimistas. 

Este artigo vai te mostrar tudo o que você precisa saber na hora de decidir de que forma vai armazenar a sua produção de alimentos. Veja:

1- Onde e como armazenar a produção de alimentos;

2- Qual a melhor solução? Construir um armazém ou alugar galpão pré-moldado?

3- Os benefícios operacionais de alugar um galpão pré-moldado;

4- As vantagens econômicas de alugar galpão um pré-moldado.

ONDE E COMO ARMAZENAR A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS?

São três as principais opções para a armazenagem da indústria de alimentos, como já abordamos neste texto:

Galpão em alvenaria

Podem ser de qualquer tamanho mas não podem ser desmontados, demandam maior investimento e prazo para construção e ficam ociosos na entressafra. A construção de um galpão de alvenaria pode chegar a R$ 2 mil por metro quadrado;

Armazenagem externa

Contratar armazéns terceiros, além de ser um investimento alto, traz como despesa adicional relevante o frete para o deslocamento logístico da carga;

Galpão Lonado

O galpão pré-moldado, também conhecido como galpão modular, é uma infraestrutura flexível que pode ficar 100% pronta em apenas duas semanas, ou seja, é uma opção ágil, bastante prática e de muita flexibilidade. Você monta, desmonta, aumenta ou reduz o galpão para atender a armazenagem da produção alimentícia quantas vezes precisar. 

POR QUE A O GALPÃO LONADO É A MELHOR SOLUÇÃO?

Dentre as opções apresentadas no tópico anterior, o galpão lonado é a solução que otimiza e torna mais eficiente a armazenagem da produção de alimentos.

Composto de estrutura metálica e lona tensionada (há também soluções revestidas de zinco), o galpão lonado para alugar permite que você escolha o layout de acordo com a sua necessidade de armazenagem da indústria alimentícia. 

Compare, por exemplo, o que acontece quando:

1. Constrói armazém em alvenaria para armazenar alimentos

  • Uma construção de alvenaria com mil m² gasta, em média, para ficar pronta, cerca de quatro meses, levando em conta procedimentos como aprovações, licenças e inspeções;
  • A alvenaria é complexa e demanda altos investimentos e custos de manutenção;
  • os gastos com alvenaria são classificados como Capex (Capital Expenditure), ou seja, custo fixo.

2. Alugar galpão lonado para armazenar alimentos

  • Um galpão pré-moldado para alugar com mil m² gasta é montado em, no máximo, dez dias para armazenar sua produção alimentícia com rapidez e segurança; 
  • Um galpão pré-moldado permite que se altere o layout de acordo com a necessidade, por conta de sua modularidade, evitando que a empresa fique com o ativo ocioso;
  • O galpão de lona tensionada ou zinco é considerado como Opex (Operational Expenditure), uma despesa mensal;
  • A lona tensionada e o revestimento de zinco utilizados na infraestrutura flexível do galpão pré-moldado garantem melhor conforto térmico, menor concentração e condensação de gases tóxicos e permite a realização da estocagem da produção alimentícia no modelo FIFO (first in/first out);
  • O galpão lonado é coberto por uma membrana (lona) antichamas com durabilidade de até 40 anos;
  • Alugar um galpão lonado de lona tensionada ou zinco é sinônimo de economia no uso de água, eletricidade, equipamentos e terraplanagem;
  • As soluções de galpão lonado de lona tensionada ou zinco se adaptam a qualquer tipo de piso e são obras limpas, não gerando entulho e a necessidade de descarte.

QUAL A MAIOR E MELHOR OPÇÃO PARA LOCAÇÃO DE GALPÕES LONADOS?

No Brasil, quem lidera o segmento é a Tópico. Com mais de 40 anos de atuação, a empresa especializada em infraestruturas flexíveis é responsável por 65% do market share (participação no mercado) do setor de galpões, com revestimento de lona tensionada ou zinco para cobertura e armazenagem.

A Tópico tem mais de 2,5 milhões de m² instalados e contabiliza mais de 800 empresas em carteira dos mais diversos setores, como agronegócio, empresas de logística, infraestrutura e serviços em geral.

Conta também com fábrica própria e centros de distribuição localizados em Embu das Artes, São Paulo, a Tópico também possui filiais estratégicas pelo País: em São Paulo (capital), Contagem (MG), Simões Filho (BA) e Parauapebas (PA). 

OS BENEFÍCIOS DOS GALPÕES LONADOS: O MERCADO DA CERVEJA

Em expansão no país, o mercado da cerveja é um dos grandes destaques da indústria de alimentos. Atualmente há 1.209 cervejarias registradas no país, de acordo com o Anuário da Cerveja do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Veja alguns números do segmento:

  • 320 novas cervejarias registradas em 2019, quase uma nova por dia;
  • Se mantida a taxa de 36% de crescimento até 2025, o país alcançará a marca de 7504 cervejarias;
  • Com isso, ultrapassará o número de cervejarias dos EUA no último balanço disponível de 2018, com 7.346 cervejarias;
  • A utilização de garrafas reutilizáveis  já representam aproximadamente 43% dos mais de 13 bilhões de litros de cerveja consumidos no país.

Com este cenário virtuoso, os galpões lonados vêm sendo a opção de armazenagem escolhida por empresas do setor. A Tópico instalou em uma fábrica de cervejas no nordeste, por exemplo, dois galpões acoplados Tópico, para atender o aumento da produção. 

As estruturas flexíveis possuem iluminação, calha, sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA), além de 120 toneladas de aço e 23.000 m² de lona. A sazonalidade da produção e a flexibilidade no armazenamento são as grandes vantagens competitivas das soluções de galpão lonado. 

QUAL A SOLUÇÃO IDEAL DE GALPÃO LONADO?

Inovadora, a Tópico disponibiliza ao agronegócio da cana-de-açúcar um aplicativo no Google Play e na Apple Store que te permite, de forma rápida e assertiva, entender qual a solução do catálogo Tópico perfeita para a sua necessidade. O aplicativo também traz conteúdos sobre armazenagem, o show room dos galpões e projetos executados pela empresa e permite a abertura de chamado técnico para manutenção.

Quer saber mais sobre as soluções de galpão lonado da Tópico? Acesse https://topico.com.br/contato/ ou ligue 0800 120 1200 e faça um orçamento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Blog

Primeiro aplicativo para galpões lonados ganha novas funcionalidades

Lançado há pouco mais de um ano pela Tópico, a solução

Tópico Galpões lança primeiro canal de ouvidoria do segmento

“Contato Seguro” já está disponível para que colaboradores, clientes, fornecedores e

Setor de transporte e logística deve responder à crise com…

Historicamente, o setor de transporte e logística é especialmente afetado pelos

Receba nossa newsletter