Home / E-commerce brasileiro cresce muito, mas…

E-commerce brasileiro cresce muito, mas esbarra em novos e antigos desafios logísticos

O ano de 2020 tem sido especial para o e-commerce no mundo todo e o Brasil não foi exceção. A necessidade fez com que até os consumidores mais resistentes e desconfiados mudassem seus hábitos e aderissem às compras on-line. O resultado foi um crescimento de quase 50% do e-commerce brasileiro, apenas no primeiro semestre.

É claro que muitos desses consumidores que aderiram ao e-commerce pela força das circunstâncias poderá retomar seus velhos hábitos de compras com a flexibilização do isolamento. Mas também é inegável que a comodidade e praticidade oferecida pelas compras virtuais encantou muitos outros, que passaram a confiar mais na tecnologia e sua eficiência.

Antigos inimigos do desenvolvimento do e-commerce

Contudo, o e-commerce brasileiro também precisa lidar com desafios logísticos antigos. Um exemplo é a falta de infraestrutura de transporte. Essa precariedade aumenta os custos das empresas com transporte e reduz a competitividade, exigindo muita capacidade de planejamento dos players, visando um gerenciamento cuidadoso da demanda, estoque e logística, buscando a redução dos custos e otimização dos recursos disponíveis.

Maior demanda, maior oferta, maior competição

Se o cenário pandêmico contribuiu para adesão do consumidor aos canais digitais, também obrigou que diversos players que ainda os negligenciavam, passassem a investir pesado no e-commerce. Obviamente, o aumento da demanda está acirrando a competição pelo menor preço, menor prazo de entrega e menor frete e colocando ainda mais pressão nos profissionais de logística.

A flexibilização dos custos com armazenagem

Diante do cenário extremamente promissor e, ao mesmo tempo, de muita competição, a resposta imediata dos maiores players logísticos tem sido o investimento em infraestrutura flexível. Ao proporcionar maior flexibilidade e agilidade, além do custo-benefício atraente, os galpões de lona e galpões metálicos tem atraído diversas empresas que necessitam de espaço físico para armazenagem, tanto de matéria prima, quanto do produto final. 

Graças ao seu caráter modular, que permite, de forma muito ágil, o aumento ou redução da área dedicada à armazenagem, as soluções de infraestrutura flexível vem se mostrando muito vantajosa, seja nos mercados com alta demanda, seja nos mercados que ainda vivem na incerteza. 

Redução de custos com transporte

Acontece que, além da economia de tempo e dinheiro, essas estruturas ainda permitem que as empresas lidem com o primeiro desafio que mencionamos, o transporte. Graças à possibilidade de instação em qualquer área que tenha o solo nivelado, o galpão lonado ou metálico pode se  instalado mais próximas do consumidor, diminuindo o tempo de entrega, o frete e o preço final.

Infraestrutura flexível é na Tópico

Líder absoluta no segmento, a Tópico contribui para o desenvolvimento de players de diversos segmentos, do agronegócio até o varejo. São 40 anos investindo em inovação para oferecer os melhores galpões em lona ou em zinco, contando ainda com o melhor custo-benefício e menor prazo de entrega.
Procura pela melhor solução para armazenagem? Fale com a Tópico.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Blog

Indústria de alimentos: construir armazém ou alugar galpão pré-moldado?

Como devo armazenar a minha produção neste atual cenário da indústria

AGILIDADE E FLEXIBILIDADE SÃO CADA VEZ MAIS NECESSÁRIAS PARA SETOR…

Entre os principais desafios do setor de transporte e logística estão

TÓPICO CONFIRMA PRESENÇA NA INTERMODAL SOUTH AMERICA 2020

Após ser destaque como expositora na última edição da Intermodal, a

Receba nossa newsletter