Blog

Home / LIBERAÇÃO DO FGTS INJETA BILHÕES…

LIBERAÇÃO DO FGTS INJETA BILHÕES NA ECONOMIA E VAREJISTAS PRECISAM REVER ESTRATÉGIA DE ARMAZENAMENTO

A perspectiva de aumento no consumo espalhou otimismo no segmento varejista. E agora? Como equacionar o crescimento da demanda com o necessário aumento de capacidade de armazenagem?

As incertezas da economia afetam diretamente o planejamento da iniciativa privada no país. E, dentro da cadeia produtiva, um dos alicerces mais impactados, com um cenário instável, é o de armazenagem. No atual momento, por exemplo, o varejo passa por um período de otimismo com a injeção de até R$ 30 bilhões a partir da liberação de R$ 500 nas contas ativas e inativas do FGTS, perspectiva essa que pode ser ampliada, visto que, no Congresso Nacional, deputados e senadores apontam na direção de aprovar saques imediatos com cifras maiores.

“As empresas precisarão rever o armazenamento dos seus estoques para atender o aumento da demanda. Resolver isso com estruturas estáveis de alvenaria acaba sendo insuficiente e haverá a necessidade de buscar soluções emergenciais. É nesta hora que as soluções flexíveis de armazenagem se mostram essenciais para as companhias que precisam atuar com cenários imponderáveis”, explica Sergio Gallucci Parisi, diretor Comercial e de Marketing da Tópico, empresa que é atualmente responsável por 65% do market share do setor de infraestrutura flexível para cobertura e armazenagem no Brasil.

A Tópico tem 40 anos de mercado, e possui no Brasil mais de 2,5 milhões de metros quadrados instalados de estruturas modulares metálicas cobertas por uma membrana (lona) antichamas com durabilidade de até 40 anos. A empresa tem diversas soluções para a armazenagem dos mais variados tipos de carga e mostra-se uma solução taylormade para a delicada equação entre custo e benefício, tão crítica hoje para os segmentos que lidam com a sazonalidade e a instabilidade da economia.

Rapidez e sustentabilidade

O executivo ressalta um benefício imediato para a necessidade de soluções emergenciais: menos burocracia com relação a construção em alvenaria. Soluções flexíveis como as da Tópico ficam disponíveis para uso em, no máximo, 30 dias, enquanto uma construção em alvenaria com mil m² gasta, em média, para ficar pronta, cerca de três meses, levando em conta procedimentos como aprovações, licenças e inspeções. As estruturas são dinâmicas e permitem, por exemplo, que se altere o layout de acordo com a necessidade, por conta de sua modularidade, evitando que a empresa fique com o ativo ocioso

“Além da liberação do FGTS, há outras datas próximas que impactam o varejo, do ponto de vista de planejamento, como o Black Friday, o Dia das Crianças e o Natal. O que a companhia vai fazer se previu um cenário pessimista e o quadro apontar para outro caminho?”, questiona Gallucci.

Há, ainda, a redução de impactos ambientais. A instalação de infraestruturas flexíveis economiza no uso de água, eletricidade, equipamentos e terraplanagem. Completa Sergio Gallucci: “Nossas soluções são simplificadas, se adaptam a qualquer tipo de piso e são obras limpas, não gerando resíduos e a necessidade de descarte”.

Sobre a Tópico

Fundada há 40 anos, a Tópico é a empresa líder no mercado nacional no segmento de infraestruturas flexíveis. Com mais de 2,5 milhões de m² instalados, a empresa – que vende e aluga galpões flexíveis – contabiliza mais de 800 empresas em carteira, sendo a maioria indústrias dos mais diversos setores, agronegócio, empresas de logística, infraestrutura e serviços em geral.

Com fábrica própria e centro de distribuição localizados em Embu das Artes, São Paulo, a empresa também possui seis filiais espalhadas pelo País: em São Paulo (capital), Itaguaí (RJ), Contagem (MG), Joinville (SC), Simões Filho (BA) e Parauapebas (PA). Em 2014 a empresa, que era familiar, fundiu-se e após deu início a entrada no Private Equity Fund, Southern Cross Group (fundo latino americano presente em seis países), e iniciou um processo de modernização.

Quer saber mais sobre as soluções? acesse www.topico.com.br

Blog

Setor de transporte e logística deve responder à crise com…

Historicamente, o setor de transporte e logística é especialmente afetado pelos

Pela primeira vez, Tópico realiza workshop comercial de forma virtual

Os workshops comerciais da Tópico ganharam um novo formato nesta última

Novo túnel de desinfecção combate contaminação por COVID-19

A solução pode ser instalada em qualquer espaço e ainda tem

Receba nossa newsletter