Tipos de armazenagem e especificações para um bom armazenamento do café

A armazenagem correta do café é um fator determinante para preservar suas características originais, como a durabilidade dos grãos, seu aroma e seu sabor.

Existem alguns modos diferentes para a armazenagem da sua safra, os mais conhecidos são: em tulhas, em silos e em armazéns. O armazenamento em tulhas oferece maior estoque de produto por unidade de área, porém pode ser problemático, já que as tulhas são estruturas fixas e dificultam a divisão das safras.  

Os silos também são opções, mas não conseguem se sustentar sozinhos, já que necessitam de uma proteção contra as intempéries – como um telhado – aumentando o custo da construção.

Dentre as melhores opções estão os galpões de lona, que englobam as funcionalidades de todos os outros modos. O café pode ser armazenado em sacarias – as conhecidas big-bags – permitindo a divisão por safra e/ou lote. Para uma maior eficiência e segurança, recomenda-se o uso de estrados de madeira para evitar o contato do grão com a umidade do solo e para dar espaço entre as sacarias, a parede e os corredores, otimizando a logística.

Uma opção que disponibiliza ótimos resultados, segurança, praticidade, investimento apenas no necessário e velocidade de construção da estrutura é o galpão de lona, que oferece as mesmas funções dos outros modos de armazenagem.

A Tópico oferece soluções sob medida em galpões, tendas e coberturas modulares, auxiliando os produtores de café e o setor do agronegócio como um todo nas tarefas de manutenção da qualidade de seus produtos, agregando valor para a empresa com baixo investimento, praticidade e rapidez.